Engenharia Química é nas FIU

Engenharia Química

Engenharia Química

O engenheiro químico é responsável, de forma geral, pelo desenvolvimento de produtos e processos em escala industrial. Ele formula e resolve problemas de engenharia relacionados à indústria química, acompanhando o processo de manutenção e a operação de sistemas. Seu campo de atuação é abrangente e engloba as áreas de alimentos, cosméticos, biotecnologia, fertilizantes, fármacos, cimento, papel e celulose, química nuclear, tintas e vernizes, polímeros, têxtil, indústria química de base, galvanoplastia, alcoolquímica, carboquímica, cerâmica, tenso-ativos, explosivos, aditivos, tratamento de água e meio ambiente, entre outras.

Tendo em vista as características de formação do Engenheiro Químico, assim como a gama de produtos e serviços oriundos de suas atividades,este é um profissional com grande flexibilidade que pode atuar, até, em áreas tidas como fora de sua especialidade.
A Engenharia Química, responsável, no século XX, por grandes avanços tecnológicos, trouxe para o homem moderno uma gama de produtos que ficaria difícil imaginarmos nossa vida sem os mesmos. Mais recentemente, com o desenvolvimento cada vez maior das ciências dos materiais e da nanotecnologia, novos produtos devem surgir no mercado e, juntamente com eles, novas oportunidades profissionais, com novas especializações da Engenharia Química, ampliando, desta forma, cada vez mais, o mercado de trabalho para o Engenheiro Químico.
Regionalmente, a capacidade produtiva envolvendo o setor químico tem se mostrado altamente aquecida e promissora pela instalação de indústrias de açúcar e álcool, papel e celulose, siderurgia entre outras, além da possibilidade de empreendimentos no setor petroquímico para a produção de resinas plásticas, entre outros produtos pela presença do gás natural proveniente da Bolívia, ocasionando, em decorrência grandes oportunidades de trabalho para Engenheiros Químicos.

Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho para os profissionais da Engenharia Química, de um modo geral, não se restringe as fronteiras nacionais, sendo estes reconhecidos mundialmente, quer pela sua capacidade técnica, quer pela qualificação profissional, haja vista o grande fluxo de profissionais para atuarem em varias organizações pelo mundo.
Ganho inicial (média mensal) R$ 4,5 mil Ganho escalão intermediário (média mensal) R$ 7 mil Ganho no auge (média mensal) R$ 10 mil.
Principais áreas de atuação: Produção industrial, Pesquisa e desenvolvimento de produtos químicos, Análise de impactos ambientais, Gestão de programas de tratamento de água e efluentes, Projetos de equipamentos e plantas industriais (G1).

Duração do curso

5 anos.
Modalidade do curso: 100% Presencial.

Download “Plano de Ensino Engenharia Química” ENGENHARIA-QUÍMICA.rar – Baixado 423 vezes – 632 KB

Download “Matriz Curricular Engenharia Química” grade-engenharia-quimica-faculdades-integradas-urubupunga-fiu.pdf – Baixado 388 vezes – 246 KB

Autorização: MEC – Portaria nº 497, de 30 de setembro de 2013.